Home » Notícias » Depois de sete anos, Trem Republicano começa a sair do papel em Salto

Depois de sete anos, Trem Republicano começa a sair do papel em Salto

Obras do trilho em Salto têm início em 15/6, pela empresa Prumo Engenharia Ltda

Em entrevista coletiva realizada na quarta-feira, 10 de junho, o Prefeito da Estância Turística de Salto, Juvenil Cirelli, assinou a ordem de serviço para a instalação dos trilhos do Trem Republicano no trecho que compete ao município. O início das obras se dá sete anos após o compromisso de financiamento do projeto estabelecido entre o Ministério do Turismo e o Consórcio Intermunicipal do Trem Republicano.

Segundo informações contidas no site do CITREM, em 2010, quando o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte (DNIT), concedeu os trilhos necessários para a execução de sete quilômetros de ferrovia, foi abertura licitação da obra pelo Ministério do Turismo. A empresa vencedora, Maruca Comércio e Serviços Ltda, chegou a construir aproximadamente dois quilômetros do trajeto, porém, em 2011, abriu concordata e as obras do trilho foram paralisadas.

“Em 2013, quando assumimos o governo, tivemos que reconstituir o Consórcio, refazer todo o projeto integrando os trilhos aos projetos de reforma das estações de Salto e Itu e licitamos tudo novamente”, explicou Juvenil Cirelli. Segundo o prefeito, a reconstituição do Consórcio e reformulação dos projetos viabilizou o financiamento da iniciativa também com recursos estaduais.

“Dividimos a obra em 4 lotes, sendo que os dois lotes de responsabilidade de Salto e Itu, respectivamente, estão sendo financiados com recursos do fundo do Departamento de Apoio ao Desenvolvimento das Estâncias Turísticas – DADE”, explicou Cirelli. “Agora estamos aguardando a renovação da licença ambiental para os trechos que serão executados com recursos federais pelo Consórcio, porém isso é pouco diante dos inúmeros desafios que tivemos que enfrentar desde 2013”, completou.

Na próxima segunda-feira (15/6) têm início as obras do lote 1, com extensão de mais de 1180 metros, no território de Salto. Inicialmente será realizada a marcação topográfica e implantação de canteiro de obras, segundo o gerente regional de contrato da empresa vencedora da licitação, Prumo Engenharia Ltda., engenheiro Nilton Camilo de Souza. “Vamos começar pela drenagem aqui em Salto e terraplanagem em Itu”, explicou.

No trecho de competência do município de Salto serão investidos mais de R$2,5 milhões em recurso do DADE e contrapartida da Prefeitura. “Em algumas semanas devemos chamar a imprensa novamente para anunciar o início das obras da restauração da Estação de Trem de Salto”, informou Juvenil. “Já reformamos um pedaço da Estação para não perdermos recursos conquistados lá em 2008 com a ajuda do deputado federal Arlindo Chinaglia, mas asseguro que vocês ficarão impressionados com a reforma completa que será feita no prédio”, completou.

A Secretária Municipal de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Turismo, Eliana Moreira, reforçou que todo o trabalho realizado em relação ao Trem Republicano faz parte das ações de desenvolvimento do turismo na cidade está integrada a outras obras como a da Ponte Estaiada e a revitalização da Avenida Dom Pedro II (Calçadão). “Estamos preparando uma estrutura para absorver o consumo dos novos turistas que deverão chegar à nossa cidade, gerando renda e desenvolvimento para Salto”, explicou.

Fonte: Imprensa – Prefeitura da Estância Turística de Salto.

Comments are closed.